©
everything happens for...
a reason.
sou anti-social, grossa na maioria das vezes e de vez em quando meiga. gosto do meu lado apaixonada, mas quase nunca aparece. e meu lado safada chega a me assustar, mas quem não tem? protetora e ciumenta ao extremo. tenho um gênio difícil e um temperamento forte. às vezes barraqueira, outras vezes calma até demais. dura como pedra e frágil como vidro. um poço de orgulho. e mais conhecida como a rainha dos dramas. é, essa sou eu. prazer. e sabe de uma coisa? ainda tem gente que gosta.
“Não choro, não corro, não espero mais nada. Se você vier, ótimo. Caso contrário, eu sigo minha vida como sempre segui.- Caio Augusto Leite.   (via autografia)

"Sempre fui ótimo em me afastar daquilo que me faz mal, e o que me faz bem também."

aquela sensação horrível de “nada mais é como antes”

"Melhor deixar pra lá, do que deixar aqui no meu peito."

“É, a vida vai nos endurecendo. A gente nasce livre, puro, ingênuo, acreditando. Tomamos uma, duas, três, vamos colocando um capuz, um escudo, uma armadura. E salve-se quem puder. E consegue chegar quem deixarmos. O fato é que estou com medo. Medo da gente. Pânico da capacidade que as pessoas têm de andar lado a lado com a maldade. Medo de viver num mundo imundo como o nosso. Pobre de valores. Pobre de espírito. Podre de coração.- Clarissa Corrêa. (via autografia)
“Sou escritor por acidente. Sou poeta por recuperação. Em cada verso feito: um amor, uma dor. Uma ilusão, um desastre. Uma ausência, uma lembrança. Um passado, um presente, um futuro, uma historia. Uma vida, uma esperança. Cada um com sua marca inspiradora. As alegrias talvez sejam imaginárias, mas a tristeza é a realidade. O acidente me deixou essa lesão… Sou um mistério que eu tenho que desvendar, sou um poço profundo esperando alguém pra mergulhar.- Joab feat. Johnny.   (via makeithaappen)