©
everything happens for...
a reason.
sou anti-social, grossa na maioria das vezes e de vez em quando meiga. gosto do meu lado apaixonada, mas quase nunca aparece. e meu lado safada chega a me assustar, mas quem não tem? protetora e ciumenta ao extremo. tenho um gênio difícil e um temperamento forte. às vezes barraqueira, outras vezes calma até demais. dura como pedra e frágil como vidro. um poço de orgulho. e mais conhecida como a rainha dos dramas. é, essa sou eu. prazer. e sabe de uma coisa? ainda tem gente que gosta.

"I have to say how lucky I am to have Blair Waldorf as my best friend. I may be the maid of honor but the true honor it’s just knowing you, B. Congratulations to the beautiful bride, you have become the strong, confident princess I always knew you would. I love you so much"

…tô entediado(a) e o boy magia abre uma conversa comigo.

comoeumesintoquando:

image

Você diz que não combinamos, mas engano seu. Nos combinamos sim, até demais, nos emocionamos com o mesmo filme, gostamos mais ou menos das mesmas coisas, temos o mesmo problema com o passado, o mesmo vício, entre outras coisas. Nós combinamos tanto, que por tanto combinar, não damos certo. Fisicamente somos o casal perfeito para todos, mas não nos sentimos perfeitos um para o outro. Você tem o mesmo gênio que eu, e como diz o ditado: Dois bicudos não se beijam. Pois é, esse é o problema, por sermos tão iguais não damos certo. Você é muito orgulhoso e não vai mudar por mim, e eu com meu orgulho maior ainda, não mudarei por você também. Mas quer saber de uma coisa? Eu amo desafios, e no fundo, no fundo eu queria que tivéssemos dado certo, mas pra isso você teria que ter se esforçado um pouco mais, coisa que não fez. Você deve ta se sentindo melhor agora, não entendo se diz que não conseguiu gostar de mim, por que ainda pergunta por mim pra minhas amigas? Eu posso afirmar que eu gostava de você, não em muita quantidade, mas o suficiente pra arriscar em nós e mesmo eu tendo esse sentimento, nunca perguntei de você pra ninguém, pelo contrário as pessoas que sempre vem falar de você pra mim. E eu acho que quando a pessoa quer saber como a outra está é por que sente algo sim… E depois de tudo que vivemos, como você não ia sentir nada? O jeito que você me olhava, não era do jeito de quem não sentia nada.

Sabe o que você é? Um babaca orgulhoso, que consegue me superar em questão de não demostrar sentimentos e não aceita a realidade. Pra falar a verdade foi melhor ter acabado enquanto era cedo mesmo. Antes que se aprofundasse sabe? Eu ia acabar era me fudendo no final dessa história, porque a vida não é conto de fadas que sempre termina com final feliz. E eu já entendi isso perfeitamente. O ciclo da vida é contrário dos contos de fadas sabe? Nos contos começa com o sapo e se transforma em príncipe no final. Na vida real é diferente, começa com o príncipe e termina com o sapo. E quer saber de uma coisa? Já to com outro príncipe (futuro sapo)! É. Eu sempre com medo de ficar só, mal acabo uma coisa e já começo outra. Estou na expectativa que dê certo e to com bom pressentimento, pra falar a verdade eu sempre sinto esse bom pressentimento com todos relacionamentos que inicio (sim, senti com você também). Apesar de eu estar com esse novo príncipe (futuro sapo), eu queria mesmo era estar com o anterior a ele, que é você.

— Bruna Oliveira.

"Sou pessoa de dentro pra fora. Minha beleza está na minha essência e no meu caráter. Acredito em sonhos, não em utopia. Mas quando sonho, sonho alto. Estou aqui é pra viver, cair, aprender, levantar e seguir em frente.
Sou isso hoje…
Amanhã, já me reinventei.
Reinvento-me sempre que a vida pede um pouco mais de mim.
Sou complexa, sou mistura, sou mulher com cara de menina… E vice-versa. Me perco, me procuro e me acho. E quando necessário, enlouqueço e deixo rolar…
Não me dôo pela metade, não sou tua meio amiga nem teu quase amor. Ou sou tudo ou sou nada. Não suporto meio termos. Sou boba, mas não sou burra. Ingênua, mas não santa. Sou pessoa de riso fácil…e choro também!”

— Tati Bernardi

…digo que vou me exercitar mais em 2014.

comoeumesintoquando:

Nos primeiros dias:

image

Depois:

image